+ REPOLH0 (mais)+

Repolho Volume 4 atinge 3.800 downloads em Senhor F Virtual
O novo disco dos chapecoenses Repolho, Vol 4, já atingiu a marca de 3.800 downloads em Senhor F Virtual. O disco foi lançado no dia 20 de outubro, em Senhor F e em outros sites do país. O fato mostra a popularidade da banda, dona de uma carreira coerente e fora dos espaços mais nobres da midia musical. E também o alcance editorial de Senhor F Virtual, que deve fechar o ano com mais de 200 mil downloads musicais. O disco foi lançado por Senhor F Discos – e também por Os Armênios e Pisces Records. (Da Redação)Baixe aqui o disco com músicas e arte.

http://www.senhorf.com.br/agencia/main.jsp?codTexto=5909

o texto acima é tirado do site senhor f que anunciou que o disco do repolho atingiu a marca de 3.800 downloads (valeu aí piazada). e o texto abaixo foi escrito pela preta sobre o show do sesc (valeu aí preta). a foto foi tirada pelo yusanã (valeu aí yusanã). tudo com letra minúscula.

Despedida de 2009

Músicas que aliam humor, crítica e ousadia. Um show sem roteiros, visual colorido e integrantes com grande poder de improviso. Tudo isso com uma pitada de diversão e desconstrução. Essa é a Banda Repolho. A maneira nada comum de tratar assuntos do dia-a-dia, assumindo a identidade local através de uma irreverência indiscutível, é o que os diferenciam e os fortalecem dentro do mundo clichê da atual música brasileira.

O público pôde prestigiar o último show do ano da Banda Repolho no dia 06/12 no Teatro do SESC em Chapecó/SC. Uma apresentação em que não existe o certo ou errado, pois nada se atém a um roteiro predeterminado. Até mesmo a ordem das canções é decidida quando se está em cima do palco. Essas mudanças momentâneas e a escassez de regras a serem seguidas tornam cada show um evento único. Padrões são quebrados, estereótipos deixados de lado, e a forma de pensar e fazer música é vista a partir de outros olhares.

Há uma imensa dificuldade para definir suas canções dentro de um gênero. O estilo é próprio, é único, é, simplesmente, o estilo Repolho. Ritmos se misturam a todo instante e, muitas vezes, aparecem dentro de uma mesma canção que, no final, parece ser duas ou três músicas. Essa miscelânea de informações desperta a curiosidade e chama a atenção do público. Afinal, assim como a vida, nesse show nada é previsível.

Não há como falar em melhores fórmulas para ter uma banda, fazer uma apresentação, criar uma faixa ou um álbum. Para a Banda Repolho, a maior fonte de referências é a criatividade e o cotidiano na cidade. Nesse caso, tratando-se especificamente de Chapecó que, diga-se de passagem, é a maior musa inspiradora da banda.

A melhor “fórmula” é aquela que ainda não foi feita. Aquela que ninguém inventou e que não vem embalada ou acompanhada de um manual de instruções, mas sim, a que se diferencia conciliando o prazer de fazer música com a inspiração e a alegria que isso proporciona, tanto para quem produz, quanto para quem recebe.

Transformar a realidade em letras e melodias, e, na maioria das vezes, brincando com as peculiaridades regionais, é o que torna a Banda Repolho um grande nome do cenário musical do Sul do país. Provando que quando se faz algo com amor e dedicação, seja profissionalmente ou pessoalmente, o resultado é positivo e satisfatório.

Elisangela T. Meneghini 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: