Mostra em Floripa exibe o filme Tchuco, Baúco e Sporcatione

O QUE: sessão do Cineclube Ieda Beck “POR ONDE ANDA O ROCK”

QUANDO: quarta, 18 de Agosto, as 19h

ONDE: Instituto Arco-Iris. Travessa Ratclif, 56 (esquina com Joao Pinto)

QUANTO: Entrada Franca e livre

Ficha completa:

Julho teve o Dia do Rock, mas como o rock dorme (e acorda) tarde, o cineclube Ieda Beck decidiu fazer agosto o Mês do Rock!

Nesta quarta-feira dia 18 é a vez de produções brasileiras e internacionais juntarem forças numa busca psycho-existencial:

POR ONDE ANDA O ROCK?

Há quem diga que o rock morreu. Mas se morreu, cadê o corpo? O cineclube Ieda Beck apresenta três curtas-metragens que desafiam essa afirmação, justamente buscando o rock nos quatro cantos do mundo… e encontrando ele muito vivo, por sinal! De Floripa para a Europa via Oregon, EUA com escala em Porto Alegre, são inusitados filmes de busca onde a bússola aponta, com humor,  para o bom e velho Rock & Roll.

Filme 01 – Cadê Chiva Knevil?

de Chiva Knevil e Alan Langdon. Documentário musical. 33’. 2006. EUA

filme 02 – O Caso do Cantor Desaparecido

de Rafael Rodrigues. Ficção. 16’. 2003. RS, Brasil

filme 03 – Irmãos Panarotto – Tchuco Baúco & Sporcatione

de Chico Caprário e Marco Martins. 30’. 2008. SC, Brasil

*sinopses dos filmes logo abaixo

O QUE: sessao do Cineclube Ieda Beck “POR ONDE ANDA O ROCK”

QUANDO: quarta, 18 de Agosto, as 19h

ONDE: Instituto Arco-Iris. Travessa Ratclif, 56 (esquina com Joao Pinto)

QUANTO: Entrada Franca e livre

UMA REALIZAÇÃO Cinemateca Catarinense, Pref. Municipal de Florianópolis, Funcine, Travessa Cultural, Fundação Franklin Cascaes

CONTATOS Cinemateca Catarinense (48) 3224.7239   Sofia Mafalda (48) 9125.5306   Alan Langdon (48) 9941.2714   contato@cinematecacatarinense.or

OS FILMES:

Cadê Chiva Knevil? de Chiva Knevil e Alan Langdon. Documentário Musical. 33’. 2006. EUA Como toda banda de rock, os caras do Chiva Knevil gostariam de “acontecer” na cena. O que exatamente isso significa (e se eles vão conseguir o não)

não está bem claro. Mas uma coisa é certa: a melhor parte é tentar. O documentário-musical acompanha a banda de Oregon, EUA na sua busca pelo mítico Chiva Knevil, passando por um território criativo muitas vezes desconsiderado: a diversão.

O Caso do Cantor Desaparecido de Rafael Rodrigues. Ficção. 16’. 2003. RS, Brasil

King Jim é um experiente detetive, que conhece os atalhos para o submundo. As notas de seu saxofone o acompanham enquanto aguarda novos casos. Sheila é um tele-reporter que auxilia o detetive nas suas investigações. As imagens de sua velha câmera ajudam na identificação de possíveis suspeitos. A metrópole oferece os elementos necessários para que exerçam seu ofício: dinheiro, traição, mulheres, estricnina e muito rock and roll.

Irmãos Panarotto – Tchuco Baúco e Sporcatione. de Chico Caprário e Marco Martins. 30’. 2008. SC, Brasil

Muito mais do que uma viagem. Um filme. Uma grande produção, gravada em vídeo, fitas recicláveis, câmera amador, em cenários naturais respeitando todas as falhas possíveis e inimagináveis. Dois irmãos que se encontram em uma estação de trem fantasma. Só o tempo poderá explicar.

Alan Langdon

http://www.BETOVA.tv

http://www.CASAdoALAN.com.br

Anúncios

0 Responses to “Mostra em Floripa exibe o filme Tchuco, Baúco e Sporcatione”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: